O projeto estabeleceu em 2023 uma parceria com a CouldYou Cup, ONGD fundada em 2088 sem fins lucrativos, visando realizar palestras de promoção da igualdade de género com as beneficiárias do projeto e da comunidade em geral e distribuir coletores menstruais, os quais são uma solução sustentável para lidar com a higiene menstrual e sobretudo diminuir o absentismo escolar. Foram realizadas 4 palestras junto dos parceiros IFPELAC, IICP e IABIL, que abrangeram cerca de 500 jovens mulheres e distribuídos cerca de 300 coletores menstruais. Mais informação sobre o programa e parceria aqui.

O Instituto Politécnico Mártir Cipriano (IPMC) realizou um teste piloto dos novos módulos de Cidadania e Direitos Humanos no período de junho a agosto de 2023. Os módulos foram lecionados em duas turmas do nível 4 dos cursos de Suporte informático e Contabilidade e auditoria  durante 60 horas. O teste contou com discussões na sala de aula, notas de apontamentos e avaliação de desempenho escrito e oral. A avaliação sobre o módulo foi positiva porque despertou nos alunos curiosidade e proporcionou conhecimento sobre aspectos relacionados com os direitos do homem e mulher e capitalizado conhecimentos sobre os direitos e deveres dos cidadãos em Moçambique. Os módulos podem ser encontrados aqui.

Foram certificados em Informática Básica 11 jovens, dos quais 5 mulheres, no âmbito das atividades da Incubadora de Empreendedorismo Jovem de Pemba do INEP. O curso, que teve a duração de duas semanas, abrangeu os temas do sistema operacional e gestão de arquivos, Microsoft Word, Powerpoint e EXCEL, navegação na internet e segurança online, entre outros. Os jovens tiveram ainda a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos no desenvolvimento de projetos concretos de negócio. Foi elaborado um Manual de Apoio ao curso que pode ser encontrado aqui.

Módulos de Cidadania e Direitos Humanos, tema ainda não disponível no Quadro Nacional de Qualificações, foram desenvolvidos em 2022 pelo Instituto Politécnico Mártir Cipriano, serão testados em 2023 e visam a integração no Quadro referido. Considerados de importância estratégica na formação integral dos jovens e particularmente daqueles de Cabo Delgado, no final dos módulos o formando deve ser capaz de demonstrar conhecimento dos Direitos Humanos e fortalecer a valorização dos seus direitos e os dos outros; identificar e interpretar os pressupostos dos Direitos Humanos; reconhecer preconceitos inconscientes que violam os direitos da pessoa; demonstrar compreensão sobre responsabilização pessoal; assumir desafios dos direitos, na escola, na família, no trabalho e na sociedade, em geral.

Módulos de Cidadania e Direitos Humanos aqui

Ação de formação realizada em setembro de 2022, pela KUTSACA e que abrangeu formadores de todos os parceiros que asseguram formação de jovens com os objetivos de desenvolver competências para integrar nos percursos de aprendizagem dois módulos de “Habilidades para a Vida” do Catálogo Nacional de Qualificações particularmente adequados ao perfil dos jovens beneficiários do projeto: Unidade de Competência MO HG0110011 – Nível 3 – Aplicar o autoconhecimento para o desenvolvimento pessoal, social e profissional e a Unidade de Competência MO HG011003 – Nível 4 – Preparar-se para o mercado de trabalho. As duas ações, desenvolvidas por entidade formadora/consultora certificada, em formato presencial e desenvolvidas em Pemba com duração total de 50 horas, abrangeram 15 formadores dos parceiros IICP, IFPELAC, Instituto Politécnico Mártir Cipriano, Instituto Agrário de Bilibiza, Fundação Aga Khan e UNILURIO e obtiveram uma taxa de satisfação de 85%.
Programa da formação em “Habilidades para a Vida” aqui